2010 - Beijing, China


Thiago Saksanian Hallak (SP) - Medalha de Prata

Gustavo Haddad Francisco e Sampaio Braga (SP) - Medalha de Bronze

Tábata Cláudia Amaral de Pontes (SP) - Medalha de Bronze

Luis Filipe Martins Ramos (RJ) - Medalha de Bronze

Tiago Lobato Gimenes (SP) - Menção Honrosa

[fbphotos id=399361960095491]

 

Depoimentos:


Thiago Saksanian Hallak :

Na IOAA da China o time brasileiro ficou próximo dos times da Romênia, da Grécia, de Bangladesh e da Sérvia (que eu me lembre..). E a moda da vez foi o Konichiwa (jogo ensinado pelos gregos e que agora faz muito sucesso em alguns grupinhos aleatórios do Brasil =P).
Outras coisas que aconteceram na IOAA: A querida Tábata Amaral pisou em um inseto num momento “salve os animais”; eu aprendi um fonema novo - que nenhum outro brasileiro conseguiu LOL – e é justamente o fonema da letra grega gama; Aprendemos uma dança tradicional grega; jogamos capoeira com um polonês; comemos carnes que provavelmente não eram nem bovinas, nem suínas, nem caprinas e nem ovinas; descobrimos que a única coisa de socialista da China é o fato de todos partilharem a mesma face; Visitamos a grande muralha; tentamos (e não conseguimos) ensinar a galera a dançar Cada um no seu quadrado; etc..
De fato, foram muitas coisas legais para uma viagem tão curta, foi extremamente divertido.
E quanto às medalhas.. foi um resultado legal sim. O Haddad ainda foi o 1º bronze (podíamos ter tido 2 pratas). E por mais que no ano anterior tivéssemos ido melhor, a ideia é caminhar por ai por enquanto. Afinal, só iremos de fato arrasar nessa olimpíada quando superarmos os problemas com a olimpíada nacional.