Fases online

Informações e dicas gerais

A ONHB é uma olimpíada na qual cada fase online tem a duração de uma semana, tempo suficiente para discutir as questões e realizar as tarefas. Desse modo, eu, Vitória, não acho necessário um estudo prévio específico para a competição, se os alunos já tiverem estudado toda a matéria de história, o que é comum para a maioria dos participantes, que são do Ensino Médio. Já para os alunos que ainda não terminaram todo o conteúdo, é válido o fazer, mesmo quando relativo a História Geral, pois a visão global é muito importante nas assimilações e relações feitas ao longo da olimpíada.

Logo, durante as semanas em que as provas estiverem disponíveis, é válido pesquisar em todos os meios e se aprofundar nos conteúdos específicos das questões.  Nesse contexto, os "Conteúdos relacionados" (geralmente no canto direito da tela) apresentam documentos muito úteis para cada questão. Muitas vezes, a leitura dos mesmos pode ser fator determinante para o acerto de uma questão; no entanto, não se deve tomá-los como regra geral, já que eles também podem levar a fuga do propósito da questão. Nesses casos, os conteúdos devem ser bem relacionados com os documentos oficiais da questão.

Além disso, a ONHB é conhecida pelo sistema de múltiplas respostas: existem quatro alternativas, dentre as quais uma é errada e as outras são certas, e deve-se escolher a "mais certa", isso é, a mais adequada ao contexto da pergunta. Geralmente essa alternativa é a que interpreta o(s) documento(s) dado(s) e o(s) relaciona a algum episódio ou pensamento histórico. Ainda assim, conforme o avanço das fases, as alternativas tornam-se cada vez mais parecidas (nesse caso, eu sempre tentava conferir se a ideia de uma das alternativas não estava incluída na outra, de modo a sempre escolher a mais completa), e é possível que algumas delas realmente tenham o mesmo valor. Os valores possíveis são 0, 1, 4 e 5.

Por fim, cada edição da ONHB tem um tema específico. Em 2012 foi "conflitos", em 2013 "etnias", e em 2014 "o regime ditatorial brasileiro". Nos dois primeiros exemplos, os conteúdos estavam levemente presentes nas questões; já na última edição, o tema foi muito mais marcante, por isso é útil que também se tenha noções acerca dos principais tópicos relacionados ao tema.

Tipos de questões

  • Interpretações de charges;
  • Análise de trechos de livros;
  • Contextualização e interpretação de músicas;
  • Análise de trechos de artigos;
  • Análise de obras de arte e vídeos.


As provas anteriores podem ser encontradas aqui.

Sites úteis


Alguns sites úteis para pesquisar conteúdos sobre as questões, e também para se preparar ao tipo de documento utilizado nas provas:

Primeira Fase

A 1ª fase é composta por 10 questões e uma tarefa. É a fase com menos peso na pontuação final, mas seus conteúdos são menos analíticos do que nas outras fases, e isso pode ser comprometedor.

A tarefa se restringe a enviar os dados socioeconômicos da equipe, e provavelmente valerá 5 pontos.

Segunda Fase

A 2ª fase é composta por 10 questões e uma tarefa. O nível das questões deve ser um pouco mais elevado do que o da primeira fase. Já a tarefa deve ser bem trabalhosa: geralmente são dadas três imagens, nas quais alguns números são distribuídos e destacam determinadas partes da imagem; a tarefa consiste em associar esses números às frases dadas.

O valor da tarefa é provavelmente próximo de 12 pontos e uma para a resolução é pesquisar interpretações da imagem e informações sobre o autor (no caso de obras) ou sobre o tema (aplicável principalmente a fotografias), uma vez que são dadas as referências.

Terceira Fase

A 3ª fase é composta por 11 questões e uma tarefa. Dessa vez, o nível das questões é ainda mais elevado. Quanto à tarefa, ela pode ser como à de relacionar imagens da 2ª fase,  mas é mais comum que o objetivo seja organizar documentos históricos. Nesse caso, são dados alguns documentos (geralmente os usados pela olimpíada até o momento em questão) e deve-se relacionar o século de produção do mesmo, e ao período histórico ao qual ele se refere. A primeira informação é facilmente encontrada nas referências do próprio documento, enquanto a segunda torna-se mais trabalhosa ao passo que, além de exigir a leitura do documento, muitas vezes acontece de ele se relacionar a mais de um século, e nem sempre a banca considera mais de uma resposta, sendo recomendável então, que se associe ao século que tem predominância.

O valor da tarefa deve ser próximo a 15 pontos.

Quarta Fase

A 4ª fase é composta por 11 questões e uma tarefa. As questões têm praticamente o mesmo nível das questões da 3ª fase, no entanto, a tarefa é um ponto relevante. A semana dessa fase deve ser cuidadosamente cronometrada, já que as questões são o único critério a definir a classificação para a próxima fase, enquanto a tarefa se resume a todo o conteúdo da próxima fase, e tem peso grande na pontuação final.

A tarefa instrui a produção de um documento histórico, que é relacionado ao tema da olimpíada. Por exemplo, em 2012 a proposta foi de se fazer um jornal, com destaque para uma matéria sobre um conflito local; em 2013, a criação um guia turístico de algum lugar histórico da região da equipe; e em 2014, um trabalho sobre as memórias da ditadura, com destaque para a entrevista com alguém da época. A principal dica é seguir cada item e exemplo dado nas instruções, pois eles estarão na planilha de correção; mas além disso, deve-se fazer um trabalho realmente próximo ao de um historiador, com uma boa fluência no texto.

Quinta Fase

A última fase online constitui a correção das tarefas da 4ª fase, por parte das equipes. Este é o momento em que os trabalhos serão avaliados, e a única dica é realmente tentar ser o melhor corretor possível, porque as equipes também receberão uma nota relativa à fidelidade de correção.


 

Fase presencial


A avaliação presencial é, geralmente, composta por duas questões abertas. Uma delas conterá alguns itens a serem respondidos -- da maneira mais explicativa e subjetiva possível -- com base em documentos fornecidos na questão (como gráficos, textos de apoio e imagens) e ideias relacionadas a História da própria equipe; enquanto a outra deve solicitar a realização de uma redação, que pode ser aberta a vários gêneros, relacionada a alguma questão argumentativa.

Destaca-se que a avaliação presencial também adota o tema da edição da olimpíada, de modo que o domínio sobre o mesmo é extremamente importante. Como dica de estudo, é útil a leitura e o conhecimento de qualquer documento relacionado ao tema da olimpíada, desde documentários até músicas, pois isso pode corroborar para a construção de ideias a serem colocadas na prova. Além disso, como se trata de uma prova subjetiva, é recomendável que se desenvolva uma tese que esteja presente e seja defendida com argumentos históricos e sociais em todo o texto.