Brazilian Brain Bee

Brazilian Brain Bee

Brazilian Brain Bee - Olimpíada Brasileira de Neurociências

O que é:

Olimpíada de Neurociências Gerais para estudantes de todo o Brasil, estudantes de Ensino Médio de qualquer instituição. Começou a ser organizada em 2013 pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, mas com a competição final variando de lugar ano a ano.

O objetivo é estimular o interesse pela neurociência e o estudo dessa área, visando divulgar mais esse campo tão importante do conhecimento e descobrir talentos. As provas são de nível avançado, sendo praticamente todo o conteúdo ausente das matrizes de Ensino Médio. Contudo, o cérebro humano é apaixonante e é extremamente prazeroso desvendar os seus mistérios, logo estudar não é um problema. Apesar de ser um modelo inicial, é uma experiência única para quem quer seguir futuramente em medicina, biomedicina, farmácia, biologia, etc, e a participação em si já é transformadora. As perguntas são respondidas em tempo real, tendo provas de anatomia em todas as fases e frequentemente vídeos de atuação doenças neurológicas para diagnóstico. É essencialmente multidisciplinar, mas com o foco na neurobiologia humana.

Contato:

Alfred Sholl Franco

Telefone: (55) 21 8743-0444, Fax: (55) 21 2280-8193.

e-mail: brazilianbrainbee@gmail.com / alfredsholl@gmail.com

 

Regulamento:

Todas as informações sobre regulamentos e premiações no link ao lado.

Como se Inscrever: 

Você e seu orientador devem preencher o formulário no site da competição regional e enviar por e-mail as cópias de documentos exigidas.Caso consiga a colocação, o mesmo deve ser feito na nacional .

A inscrição é gratuita e pode ser feita aqui:

Ribeirão Preto - https://sites.google.com/site/olimpiadapaulistabrainbee/inovacoes-tecnologicas (encerrada)

Rio de Janeiro -  http://cienciasecognicao.org/riobrainbee/inscricoes-e-formulario (aberta até 08/03/2014)

Juiz de Fora - contate brainbeejf@gmail.com e gbrockbrain@me.com para informações

 

Níveis: 

Nível único, com estudantes de Ensino Médio.  Contudo, o conteúdo abrange mais que o currículo escolar.


Formato:

  • Fase regional:

Ocorre no início do ano em cada cidade credenciada, tendo , geralmente 100 questões sendo 25 de neuroanatomia, 25 de neurociências clínicas, 25 de neuroquímica e 25 neurofisiologia, podendo variar conforme o local.

A competição ocorre em um dia diferente para cada comitê e todos os participantes devem ir a um único local de execução da prova.
A duração varia, pois cada etapa é intercalada com intervalo, mas o tempo total, geralmente, é de 3-4 horas.

  • Fase nacional:

O ganhador de cada competição regional vai para a nacional, onde compete pela vaga da IBB, International Brain Bee, que ocorre no mesmo ano da competição brasileira e conta com participantes de aproximadamente 20 países de todo o mundo.

As provas são realizadas geralmente em tempo real, com modelos de pergunta e resposta variados dependendo do comitê, e o resultado sai no mesmo dia da execução da prova (pelo menos na Brasileira e na Internacional foi assim)

Antes de cada fase geralmente é proporcionado um curso de verão de neurociências, que foi uma das melhores experiências da minha vida. Os professores são de altíssimo nível em todos os comitês e antecipam praticamente toda a matéria das provas. Ah, as provas de anatomia ocorrem com cérebros de verdade, o que é marcante em uma vida, e os coffee-breaks permitem aos alunos a conversa com professores excelentes, abrindo portas para futuras oportunidades.

 

Como se preparar:

" As questões trabalhadas nas Olimpíadas de Neurociências (Locais, Nacional e Internacional) são criadas a partir do material contido basicamente em duas publicações."  As publicações "oficiais" são as duas primeiras apresentadas da lista de livros indicada.

 

O que estudar: 

Neurociências básicas, neurofisiologia, neuroanatomia, neurociências clínicas (alzheimer, parkinson, transtorno bipolar, epilepsia, etc).

Como estudar/treinar: 
Os assuntos cobrados variam do mais básico da neurociência até assuntos extremamente específicos. Provavelmente com esses dois primeiros livros já dá para fazer bonito, mas para conseguir ir bem na internacional é preciso um pouco mais de esforço.

Brain Campaign -> MUITO simplificado, legal para quem quer ter os primeiros contatos com a área.

- Brain Facts - Neuroscience -> Um livro muito bacana, se estudado com afinco já é um bom caminho, principalmente para neurociências clínicas. O único problema é ser em inglês.

- Mark F. Bear e outros; Neuroscience : Exploring the Human Brain -> Livro bem maior, uma bíblia para os neurocientistas jovens. O atlas do  cérebro no capítulo 7 é fundamental para as provas de anatomia. É mais caro, mas vale a pena. Nem todos os capítulos são cobrados e, na teoria, não cai na nacional, mas são custa olhar.

Se você não quer estudar com autores internacionais, vou indicar algumas pratas da casa

- LENT, Roberto ; Cem Bilhões de Neurônios? -> Um dos melhores que eu já li. O livro assusta pelo tamanho, mas todo brasileiro envolvido em pesquisa precisa ler pelo menos uma vez na vida.  É do nível do Bear, mas foca mais em pesquisas brasileiras, sem deixar de apresentar o conteúdo necessário para a prova.

MACHADO, Angelo ;Neuroanatomia Funcional - > Livro bacana de anatomia, porém não tem imagens de cérebros reais, o que dificulta um pouco a percepção na prova.  Contudo, na falta do Bear é um bom amigo.

- LENT, Roberto ; Neurociência da Mente e do Comportamento -> Livro menor que os outros, mas um pouco mais denso de conteúdo. Não deixa de ser absurdamente interessante.

Estudar pela internet também é essencial, buscar jogos de neurociência, artigos, páginas de outras olimpíadas e tudo mais. O importante é estudar MUITO, o Brasil precisa estar forte, pois a Internacional de 2015 é aqui!

 

Provas anteriores

Devido ao conteúdo não tão extenso, as questões podem ser repetidas em essência ano a ano. Sendo assim, a organização envia apenas um pequeno grupo de questões modelo. Claro, se vocês estiverem afim de ir realmente bem, vale a pena caçar na net questões de outros países (em inglês, é claro).

  • Aproximadamente quantos neurônios o cérebro contém? (100 bilhões)
  • Nomear o dispositivo que mede as ondas elétricas cerebrais. (Eletroencefalograma)
  • Camundongos Stargazer são modelos experimentais para que tipo de epilepsia? (Pequeno mal epiléptico)
  • O Prozac alivia os sintomas de depressão, afetando qual neurotransmissor? (Serotonina)
  • A palavra grega para os ramos de uma árvore nos fornece o nome de que parte de um neurônio? (Dendritos)
  • Nomeie o procedimento cirúrgico que destrói parte dos gânglios da base e ajuda no tratamento da doença de Parkinson. (Palidotomia)
  • O principal relógio biológico está localizado em que parte do cérebro? (Hipotálamo)
  • Nome de um distúrbio cerebral dado em homenagem a um famoso jogador de baseball. (Doença de Lou Gehrig)
  • Qual é o tipo mais comum de atraso mental hereditário? (Síndrome do X Frágil)
  • Nome do peptídeo que se acumula nas placas senis dos cérebros dos pacientes com o mal de Alzheimer? (Beta-amilóide)
  • A alteração em qual cromossomo está relacionada à doença de Huntington? (Quatro)
  • Qual é a principal causa evitável de retardo mental? (Síndrome Alcoólica Fetal)
  • A abreviatura PET se refere a qual técnica de imagem? (Tomografia por emissão de pósitrons)
  • Que tipo de moléculas são as netrinas e as semaforinas? (Moléculas de Orientação)
  • Nome de um transtorno cognitivo associado com o alcoolismo crônico. (Síndrome de Korsakoff)

 Premiações: 

- Certificados para todos os participantes,

- 1 medalha de ouro, 1 de prata, 1 de bronze em cada competição regional e  nacional.

- Além disso, em 2013 os premiados ganharam livros autografados por Roberto Lent, sendo o primeiro lugar contemplado com o livro Cem Bilhões de Neurônios? e a possibilidade de representar o Brasil na competição internacional.

Premiados: 

http://cienciasecognicao.org/brazilianbrainbee/dia-03-de-agosto-prova-da-olimpiada-brasileira-de-neurociencias/

Fontes:

Site da Olimpíada de Neurociências do Rio de Janeiro
http://cienciasecognicao.org/riobrainbee/

Site da Olimpíada de Neurociências Brasileira
http://cienciasecognicao.org/brazilianbrainbee/

Site da International Brain Bee
http://www.internationalbrainbee.com/