Logo da OBAP

Olimpíada Brasileira de Agropecuária - OBAP


O Que é?

A OBAP é uma competição científica nacional e visa estimular o ingresso de jovens do ensino médio integrado/concomitante e técnico subsequente nas carreiras técnico-científicas por meio da pesquisa e da inovação em agropecuária, aplicação de conhecimentos científicos, enfrentamento com situações desafiadoras e cooperação entre os envolvidos na Olimpíada. Consequentemente, espera-se motivar a participação dos discentes em atividades de iniciação científica, desenvolvimento regional e produção de inovações tecnológicas, retornando assim, para a sociedade brasileira, benefícios originados da melhoria no ensino público de nível médio e técnico ligados à agropecuária.


Regulamento

Veja o regulamento detalhado no site do IF Sul de Minas, organizador da OBAP.

Quem pode participar?

Diferente da maioria das olimpíadas de conhecimento, a OBAP não é aberta a todos os estudantes do ensino médio. Dela podem participar apenas estudantes do ensino médio que cursem, integrada ou paralelamente, os seguintes cursos técnicos:

  • Técnico em Agropecuária,
  • Técnico em Agricultura,
  • Técnico em Agroecologia,
  • Técnico em Zootecnia,
  • Técnico em Agronegócio,
  • Técnico em Alimentos,
  • Técnico em Agroindústria e
  • Cursos do Eixo Tecnológico Recursos Naturais (veja o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos).

Em caráter especial poderão participar alunos do ensino técnico subsequente.


Por que participar?

A OBAP é uma excelente oportunidade para estudantes conhecerem, de modo mais profundo, a área da agropecuária, lidando com problemas instigantes e envolventes, por meio da aplicação de conhecimentos técnico-científicos. A competição busca despertar entre os envolvidos o interesse pelo trabalho em equipe, bem como estimular o ingresso desses participantes na pesquisa e inovação. A olimpíada proporcionará o contato com novas pessoas, que atuam nessa área. Além disso, a equipe campeã na modalidade de Ensino Médio Integrado ou Concomitante será convidada a representar o Brasil na International Earth Science Olympiad - IESO (Olimpíada Internacional de Ciências da Terra).


Como se inscrever

As inscrições são feitas exclusivamente via internet na página oficial da OBAP. O orientador da equipe será o responsável por efetuar a inscrição e deverá preencher os dados de todos os integrantes da equipe.

Após o preenchimento da ficha de inscrição, o responsável deverá recolher a taxa de inscrição via boleto bancário no valor de R$ 20,00 (vinte reais) que se refere à inscrição de toda equipe. A inscrição só será válida após a confirmação de pagamento.


Como funciona

Para participar da olimpíada, é necessário formar uma equipe composta por 4 pessoas de uma mesma instituição, com a participação obrigatória de um orientador e 3 alunos de ensino médio/técnico ou subsequente em regime integrado ou concomitante. A equipe não pode ser composta por alunos de modalidades de ensino diferentes. Poderão ser orientadores professores ou técnicos administrativos (efetivos ou contratados) atuantes na instituição de origem dos alunos que compõem a equipe. Não há limite de equipes para um mesmo orientador, na mesma ou em diferentes modalidades.

A competição é dividida em quatro fases, sendo três virtuais e uma presencial.

Primeira fase (virtual - classificatória): é composta por 10 questões de múltipla escolha na área de agricultura, com peso 1 (10%).

Segunda fase (virtual - classificatória): contém 10 questões de múltipla escolha na área de zootecnia, com peso 1 (10%).

Terceira fase (virtual - eliminatória e classificatória): possui 20 questões de múltipla escolha nas áreas de agricultura e zootecnia, com peso 2 (20%). Serão classificadas para a 4ª fase as equipes que obtiverem aproveitamento igual ou superior a 2,8 pontos (70%) no somatório das 3 fases virtuais.

Quarta fase (presencial): nesta fase só participarão da prova os alunos e será composta de duas etapas.

Primeira etapa (eliminatória): as equipes classificadas deverão enviar o Estudo de Caso proposto referente ao tema da Olimpíada, que terá um peso 2 (20%). Cabe destacar que o envio do Estudo de Caso é pré-requisito para a participação na fase presencial.

Segunda etapa (classificatória): os alunos farão individualmente prova contendo 20 questões objetivas com peso total 3 (30%) e 2 questões discursivas com peso total de 1,0 (10%), das áreas de zootecnia e agricultura. Com as notas individuais dos alunos será feita uma média que será somada à nota final da equipe. Serão classificadas 50 equipes de ensino médio/técnico e 10 equipes de Técnico Subsequente para participar da fase presencial. A melhor equipe de ensino médio/técnico de cada Região da União (Centro-Oeste, Nordeste, Norte, Sudeste e Sul) e as 5 melhores equipes da pontuação geral das 3 fases desta mesma modalidade terão sua viagem custeada para a fase final.


O que estudar

As provas virtuais e presencial contemplam os seguintes temas: agricultura geral, solos e nutrição de plantas, engenharia agrícola, administração rural e agronegócio, zootecnia, alimentos e informática.

Programa da competição

Veja o programa detalhado no site da OBAP.


Como estudar

O participante deve se inteirar acerca das diversas áreas da agropecuária, observando sempre os temas presentes no conteúdo programático. Os novos rumos da agropecuária e a inovação tecnológica são temas relevantes que o estudante deve conhecer. Resolver as provas das edições anteriores também será fundamental para conhecer o nível das questões e o modo como são contemplados os assuntos. Além disso, é importante adquirir conhecimentos relacionados ao Estudo de Caso.


Provas anteriores

[em construção]


Premiações

Todas as equipes ganham certificado de participação. A premiação e classificação serão feitas de acordo com o somatório dos resultados de todas as fases e etapas da OBAP.

Na modalidade de Ensino Médio Integrado ou Concomitante, receberão medalhas as 15 melhores equipes, sendo 5 de bronze, 5 de prata e 5 de ouro.

Na modalidade Subsequente, serão 3 medalhas de bronze, 2 de prata e 1 de ouro. O melhor Estudo de Caso receberá premiação à parte. As 3 melhores equipes no geral, na modalidade de Ensino Médio Integrado ou Concomitante, receberão troféus.

A equipe classificada em 1º lugar geral será convidada a participar da International Earth Science Olympiad (IESO), tendo suas despesas custeadas pela organização da OBAP.


Equipes Brasileiras

Veja aqui no OC as equipes selecionadas para a IESO, com detalhes sobre o país sede e as premiações recebidas pelo time brasileiro.

Fontes: OBAP, Wikipédia


Escrito por: Francisco Jeffersson da Costa Silva