Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR)

Fonte: o site da própria competição (OBR)

Informações levemente resumida e editadas ( hiperlinks, negrito, itálico, sublinhados) pelo o "Olimpíadas Científicas".

O que é a OBR?

A Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) é uma das olimpíadas científicas brasileiras apoiadas pelo CNPq que utiliza-se da temática da robótica para estimular jovens a seguir carreiras científico-tecnológicas, identificar jovens talentosos, e promover debates e atualizações no ensino brasileiro. A OBR possui diversas modalidades que procuram adequar-se tanto ao público que nunca viu robótica quanto ao público que possui aulas de robótica em sua escola. Ela ocorre anualmente (tradicionalmente no segundo semestre), destinando-se a todos os alunos do território nacional, sejam eles de escolas públicas ou privadas, do ensino fundamental, médio ou técnico, e é uma iniciativa pública, gratuita e sem fins lucrativos.

Modalidades da OBR

A OBR conta atualmente com duas modalidades, uma exclusivamente teórica (Modalidade Teórica, com 6 níveis), e uma exclusivamente prática (Modalidade Prática, com 2 níveis).

Modalidade Teórica

Quem pode participar? Qualquer aluno do ensino fundamental, médio ou técnico que complete no máximo 19 anos no ano da competição.

Como funciona? Os estudantes responderão a questões de uma prova escrita preparada pela OBR. Essa modalidade é realizada em uma única fase. A Modalidade Teórica é dividida em seis níveis:

  • Nível 0: Corresponde à Pré-Escola. Destinada aos alunos regularmente matriculados no 1o ano no regime de 9 anos.
  • Nível 1: Corresponde ao 1o. Ciclo dos parâmetros curriculares nacionais. Destinada aos alunos regularmente matriculados nas 1ª e 2ª séries do ensino fundamental no regime de 8 anos ou 2o e 3o anos no regime de 9 anos.
  • Nível 2: Corresponde ao 2o. Ciclo dos parâmetros curriculares nacionais. Destinada aos alunos regularmente matriculados nas 3ª e 4ª séries do ensino fundamental no regime de 8 anos ou 4o ao 5o ano no regime de 9 anos.
  • Nível 3: Corresponde ao 3o. Ciclo dos parâmetros curriculares nacionais. Destinada aos alunos regularmente matriculados entre a 5ª e 6ª série do ensino fundamental no regime de 8 anos ou 6o. e 7o. ciclos no regime de 9 anos.
  • Nível 4: Corresponde ao 4o. Ciclo dos parâmetros curriculares nacionais. Destinada aos alunos regularmente matriculados entre a 7ª e 8ª série do ensino fundamental no regime de 8 anos ou 8o ao 9o ano no regime de 9 anos.
  • Nível 5: destinada aos alunos regularmente matriculados em qualquer série/ano do ensino médio ou técnico. Os melhores alunos deste nível serão convidados a frequentar um minicurso** de robótica com kits educacionais.

Provas anteriores: localizadas na sessão "Manual de Estudo" do site da OBR.

Modalidade Prática

Quem pode participar? Qualquer aluno do ensino fundamental, médio ou técnico que complete no máximo 19 anos no ano da competição

Como funciona? A OBR estabelece anualmente uma tarefa, e os alunos deverão construir robôs que atendam a esta tarefa. Os robôs podem ser integralmente construídos pelos alunos ou podem ser construídos utilizando kits robóticos (a critério dos participantes). Os alunos devem compor grupos de no máxmo 4 alunos, e os membros de um grupo devem pertencer necessariamente a um mesmo nível. Cada equipe deve ter um nome (será necessário para sua inscrição). A modalidade é dividida em duas fases: uma estadual (1a fase) e uma nacional (2a fase, ou fase final). A primeira fase deve ser realizada na escola-sede da modalidade prática do estado do aluno (as escolas-sede serão escolhidas pela OBR dentre entre as escolas participantes que se candidatarem a tal). A segunda fase (fase final) será disputada pelos melhores alunos de cada estado e será realizada em conjunto com a Competição Brasileira de Robótica (CBR) para universidades e outros eventos correlatos. A cada ano a CBR é realizada em uma cidade diferente. A Modalidade Prática possui dois níveis distintos:

  • Nível 1: voltada aos alunos do atual ensino fundamental de 9º anos aprovado pelas diretrizes do MEC ou equivalente; e
  • Nível 2: voltada aos alunos do ensino médio, técnico (ou equivalente), incluindo alunos matriculados em cursinho pre-vestibular (em Instituição de Ensino) que não estejam cursando ou tenham sido aceitos em qualquer curso de terceiro grau;

Premiações

A OBR distribui medalhas e certificados em ambas as modalidades.

Para mais detalhes, confira "Premiação da Modalidade Teórica" e "Premiação da Modalidade Prática".

Eles também tentam distribuir outros tipos de prêmios, embora nem sempre seja possível.

Minicurso de Robótica: "A fase final da OBR é sempre realizada em conjunto com outros eventos nacionais de robótica, como a Competição Brasileira de Robótica (CBR) ou a Competição Latino-Americana de Robótica (LARC) para universidades, bem como em conjunto com renomados congressos nas áres de Robótica e Inteligência Artificial realizados pelas sociedades científicas que apoiam a OBR.

A realização dessa final conjunta é, por si, um estímulo aos jovens finalistas da OBR, que ficarão em contato direto com alguns dos maiores pesquisadores do Brasil nesta área do conhecimento. A OBR espera oferecer apoio aos aluno selecionados nas modalidades Teórica (Nível 5). O tipo e a extensão desse apoio dependerão dos recursos disponíveis para a OBR no ano em questão bem como recursos e serviços ofertados por patrocinadores, e serão divulgados juntamente com a convocação dos melhores alunos do Brasil."